Veja 3 passos para abrir um e-commerce lucrativo

Veja 3 passos para abrir um e-commerce lucrativo

dezembro 23, 2021 0 Por mariaraylen

Nos dias de hoje, abrir um e-commerce se tornou uma das formas mais eficientes para se ganhar dinheiro, principalmente para quem já possui uma loja física, pois é uma forma de expandir seu negócio.

No entanto, para obter sucesso na área, é preciso seguir alguns passos específicos. Então, se você deseja abrir um e-commerce realmente lucrativo, mas não sabe por onde começar, continue lendo a seguir.

1. Faça o planejamento do negócio

O planejamento do seu e-commerce precisa começar pela definição do capital inicial. 

Defina a quantia que você tem para investir na criação do seu negócio, pegue esse valor e a divida por 12, pois dessa forma saberá a quantia que terá por mês durante um ano.

Considere também todas as despesas fixas que terá com o negócio, como o pagamento das faturas do cartão de crédito para negativado autônomo usado para a compra dos produtos da sua futura loja, salário dos funcionários, dentre outros. 

O planejamento serve também para te ajudar a definir também em qual segmento ou nicho atuar, o público deseja alcançar e monitorar a atuação de seus concorrentes.

Não pular essa parte é fundamental para os próximos passos que serão dados, pois revelarão a necessidade de investimentos precisos em diferentes aspectos do negócio.

2. Escolha uma boa plataforma de e-commerce

A plataforma é a chave principal do para o seu e-commerce, pois é nela que estão praticamente todas as funcionalidades do negócio. 

E por conta disso, ela precisa ser a mais completa possível, pois é necessário que ela ofereça à sua loja online o suporte necessário para que as vendas aconteçam perfeitamente, evitando complicações e dores de cabeça para você como um empreendedor e também para que os clientes tenham uma experiência positiva na compra.

Para definir se a plataforma é realmente boa, o layout oferecido por ela deve ser cem por cento exclusivo e responsivo e adaptar aos diferentes tamanhos de tela (computadores, tablets e smartphones).

Outro ponto a ser observado é se a plataforma possibilita a integração com sistemas ERP (Enterprise Resource Planning/Sistema Integrado de Gestão Empresarial), que auxiliam no gerenciamento do negócio, além de um ambiente criptografado para que os dados dos clientes sejam armazenados com total segurança.

3. Capriche no conteúdo dos produtos

A produção do conteúdo dos produtos é um um passo essencial na criação de um e-commerce. 

É importante lembrar que sua loja online deve servir como uma vitrine e os clientes não têm como pegar os itens com as mãos para conferir texturas, cores, tamanhos e formatos etc. Então, é por meio do conteúdo que você fará a descrição de todos esses detalhes para o público.

Você pode utilizar as informações e imagens recebidas pelos fornecedores, mas investir na produção de conteúdo próprio e se preocupar em vender benefícios pode ser um diferencial.

Portanto, fotografe os produtos em diferentes ângulos e especifique os diferenciais que cada um deles oferece, pois um cliente se agrada de lojas em que o vendedor se importa com sua total satisfação.

Além disso, um conteúdo de qualidade também irá ajudar a posicionar a sua loja nos mecanismos de busca, atraindo ainda mais clientes e aumentando seus lucros.