Como trabalhar em casa com um bebê

Como trabalhar em casa com um bebê (Foto de Tatiana Syrikova no Pexels)

Pode parecer algo muito complicado e que vai demandar muito trabalho, e é verdade. Como posso trabalhar em casa durante essa época de quarentena, vi que muitas pessoas também se encontram na mesma situação precisando de ajuda.

Por mais que seja importante investir em alguns itens fundamentais para a criança ter um momento mais tranquilo, como mamadeira avent 330ml, é possível trabalhar em casa mesmo com uma criança recém-nascida. 

Para tal, é muito importante investir em uma boa rotina de planejamento, criando novos horários para que a criança consiga receber toda a atenção necessária e o seu trabalho também conseguir render. 

Há muitos pais que tornam possível o trabalho e os pais em casa com bebês com menos de 1. Se você estiver navegando também, aqui estão algumas dicas úteis. 

Aproveite vários cochilos por dia.

Antes de os bebês completarem seu primeiro aniversário, provavelmente ainda dormem mais de uma vez por dia. Isso geralmente acontecia uma vez pela manhã e outra à tarde. Essa é a hora para se concentrar realmente nas tarefas importantes de trabalho que eu precisava realizar.

Quando eles estão dormindo, bata seu trabalho duro. Deite a criança do seu lado, agite brinquedos em cima da sua cabeça por alguns minutos e trabalhe quando a criança conseguir dormir. Isso funciona melhor entre os 3 e 7 meses de idade. 

Trabalhe quando estiver mais calmo (leia-se: pós-soneca ou refeição).

Obviamente, trabalhar durante os cochilos é importante. Mas também, se você precisar trabalhar enquanto eles estiverem acordados, tente fazê-lo logo após acordar ou comer. 

Tente também ser super produtiva depois de alimentar o café da manhã da criança, pois fica mais feliz brincando sozinha com seus brinquedos durante esse período.

Use seu carrinho de bebê.

Não subestime o poder da sua força.  Vista seu bebê e digite de pé mesmo e se o seu bebê permitir, use-o em casa. Colocar o laptop no balcão da cozinha e balançar para frente e para trás enquanto digitava. Isso faz com que durmam e depois dormiam profundamente enquanto trabalha ou recebe ligações.

Dessa forma, pode ser uma ótima ideia usar aqueles panos para acomodar a criança no seu corpo. Elas se sentem seguras, você pode ter mais tempo para trabalhar com os braços livres e embalando a criança. 

Use a tecnologia para sua vantagem.

Você provavelmente já está usando uma boa quantidade de tecnologia quando trabalha em casa – seja para reuniões virtuais ou simplesmente digitando. Aqui está outro item a ser adicionado à lista: Faça o download do Google Docs no seu telefone

Se eu tenho uma ideia ou preciso fazer um rápido ajuste em uma história, acho muito mais fácil pular no telefone para fazê-lo do que realmente chegar à minha mesa com as crianças junto.

E às vezes o que você usa pode ser simples, mas ainda eficaz. Aproveitar esse momento para ouvir alguma música que seja agradável para você e para a criança também. Esse som ambiente pode contribuir para um momento muito mais tranquilo. 

Marketing político: o que é e como fazer?

Marketing político: o que é e como fazer? (Foto de Kaboompics .com no Pexels)

Quando chega perto das eleições, muitas pessoas começam a procurar pelo marketing político que ganha um grande destaque. Com a internet sendo um grande centro para propaganda, como fazer uma campanha engajadora dentro das redes sociais?

O marketing político dentro do universo digital se tornou muito importante, mas não é nenhuma novidade. Nos Estados Unidos, já acontece há alguns bons anos, mostrando a força da internet para isso.

Pode ser papel do político saber conversar com o seu público, usando as suas redes sociais para mostrar quando atualizar o cadastro do bolsa família

Em uma época em que o marketing eleitoral se resume a apenas uns minutos em um horário político obrigatório e também com a distribuição de santinhos. AS redes sociais são poderosas ferramentas de engajamento de conteúdo, conquistando o lugar do marketing tradicional.

Por isso, compreenda mais sobre o marketing político e como ele pode ser feito. 

Importância do marketing político

Uma das principais dificuldades com os candidatos e os seus eleitores é conseguir aprender a se comunicar, tendo dificuldade em conseguir engajar com o seu público. O marketing político veio justamente para conseguir pensar em estratégias, usando técnicas de publicidade para fazer essa conexão.

As ações são bem efetivas para o marketing político, conseguindo conquistar uma comunicação maior entre os eleitores e os políticos. Com intenções de votos, posicionamentos e propostas fazendo patê da mensagem que pode ser complicada de se comunicar.

Por conta disso, é muito importante que o candidato faça um investimento nesse tipo de estratégia, procurando se alinhar a cada momento da campanha. É bem importante diferenciar o marketing político do marketing eleitoral.

O marketing político terá um papel um pouco maior. São diversas etapas que vão servir de base para a construção do marketing eleitoral. Nesse caso, vai se preparar para uma eleição seguinte, fortalecendo a sua imagem para um momento forte de presença política.

Estratégias de marketing político

Para conseguir construir ações de marketing político, elas precisam atingir os seus objetivos com uma estratégia bem construída. Por isso, a prioridade tem que ser a relevância de cada uma atitude, variando em relação ao marketing eleitoral.

Criação de uma marca política

Todo candidato precisa ter um reconhecimento e isso deve ser feito aos poucos. O eleitorado tem que perceber claramente qual é a sua marca, sua prioridade durante todo o processo de campanha. 

Essas percepções que são responsáveis por guiar as ações de campanhas eleitorais e também fortalecer o engajamento dos eleitores potenciais. Essa criação deve usar como base o branding do marketing comercial. Trabalhando valores externos e internos para construir uma imagem.

Fortalecimento

Tem que ter uma estratégia de fortalecimento dessa marca criada para conseguir ter uma força política maior. Começar a se envolver e apoiar projetos populares para poder ter uma vida política bem forte.

Ter um ativismo político é ideal, com militância tendo uma forte presença nos canais digitais. Assim, com o objetivo e a criação de uma imagem bem fortalecida dentro da comunidade engajada permite que isso funcione.

O que é o Wi-fi marketing e como usar?

O que é o Wi-fi marketing e como usar? (Foto: pixabay)

Tem um estabelecimento com uma rede wi-fi, certo? Já parou para pensar o que pode ser feito com essa conexão disponível? Sabia que ela pode ter um impacto bem direto no crescimento do seu negócio? 

Ofertar para os seus clientes wi-fi grátis vai muito além de apenas uma comodidade, sendo uma necessidade para todos os estabelecimentos. Passar a senha do wi-fi aos visitantes é uma das primeiras ações que o atendente tem que fazer.

Isso não é vantajoso e nem vai ser seguro para a empresa que está oferecendo a rede. Isso acontece porque esse tipo de acesso é ilegal, além de ser uma oportunidade de negócios perdida. 

Para resolver esse tipo de problema e ainda melhorar o sistema de Wi-fi oferecido, confira como fazer um wi-fi marketing e ainda ter diversas oportunidades, conforme as informações do site Clube do Wi-fi. 

O que é wi-fi marketing?

O Wi-fi marketing é um método de fazer uma comunicação direta com os seus clientes. Os consumidores adoram entrar em estabelecimentos que tenham conexão gratuita e de qualidade oferecido. Na hora da conexão, é possível exibir ofertas no celular e outros dispositivos. 

Além disso, um cadastro bem rápido pode ser preenchido na hora de fazer a conexão, o que vai trazer dados bem importantes para uma ação no futuro. Assim, não vai ter como o usuário não ver as suas ofertas.

A melhor parte é que ele já está no ponto de venda, o que melhora muito mais as chances de realizar uma compra. Com o sistema hostpot é possível fazer dois tipos de ações com o wi-ifi marketing.

O hostpot é bem eficiente para distribuir a conexão entre pessoas conectadas na internet. Vai garantir o controle e a segurança da empresa que fornece o wifi. Além disso, também tem uma garantia de conexão de qualidade para o usuário, tendo uma experiência bem melhor do que se estivesse dividindo o wifi tradicional com todos os clientes. 

No local

É possível fazer com que os anúncios sejam exibidos diretamente no dispositivo do usuário que se conectou na sua rede no ponto de venda ou ainda no estabelecimento comercial. Essa é uma ação rápida e instantânea.

A distância

Nesse caso, muitas ações podem ser realizadas. É possível enviar um e-mail marketing ou ainda SMS para a pessoa que se cadastrou depois que elas saírem da loja, usando os dados que foram fornecidos quando elas se conectaram no hostpot.

É possível fazer uma campanha de e-mail marketing com um desconto. Ela vai ser direcionada ao segmento do público que apareceu na sua loja, pelo menos, duas vezes, com uma idade entre x e x. Quanto mais personalizada a sua oferta for, mais chance de o visitante querer comprar.

Dessa maneira, é possível fazer uma venda nova e ainda fidelizar os clientes. Isso ainda conta com um custo bem baixo, sendo uma oportunidade que não demanda grandes investimentos, já que a internet vai ser fundamental para tocar os negócios de maneira modernizada. 

Qual a melhor maneira de lidar com o fim do namoro?

Qual a melhor maneira de lidar com o fim do namoro? (Foto: Depositphotos_319953262_s-2019)

Quando se começa uma relação, dificilmente se pensa que em algum momento terá que lidar com o fim do namoro. Infelizmente, isso acontece. Terminar uma relação quer dizer mudar a rotina, deixar de lado planos, se afastar de algumas amizades, e no começo, isso parece muito complicado.

Tudo fica ainda mais difícil se existe sentimento, sendo complicado de seguir em frente. Porém, a vida não para e por isso, é muito importante aprender a lidar com esse momento. Não existe nenhuma regra para lidar com o fim do namoro, mas existe algumas dicas para facilitar. Confira:

1 – Sem culpas

Não fique se culpando pelo fim do relacionamento nesse momento. Aproveite para concentrar os pensamentos de que em uma relação, a responsabilidade é de duas pessoas. Para progredir e seguir em frente, é necessária a colaboração dos dois.

Por isso, se terminou, era sinal de que a sintonia já não era mais a mesma, não existia mais a vontade dos dois de fazer dar certo.

2 – Rejeição

É muito importante que você consiga deixar de lado as ideias de rejeição que podem aparecer nesse momento. A rejeição é um dos primeiros pensamentos quando terminamos uma relação.

Com a ajuda de um terapeuta, é possível diminuir esses sentimentos, dando mais tranquilidade para lidar com o fim da relação.

3 – Futuro

Normalmente, quando se está em uma vida a dois, há diversas programações e metas a serem cumpridas. Tudo está planejado, em ordem e sabemos que vai acontecer. Mas, de repente, não existe mais certeza nenhuma.

Nesses momentos, acabamos nos rendendo a se cobrar demais. Não é a hora de olhar os amigos namorando e se sentir triste por estar solteira.

É a hora de querer sair, conhecer novas pessoas, pensar em se envolver com alguém. Os planos realmente não foram possíveis de serem cumpridos, mas o futuro ainda está aberto.

Não adianta querer prever o futuro, algumas coisas não vão realmente acontecer e precisam ser planejadas novamente. Por isso, agora, construa novos planos, crie novas metas para si mesma.

4 – Novas metas

Tinha muitos planos com a pessoa amada e a relação terminou? É a hora de refazer essas programações. Coloque no papel os seus objetivos, suas metas que quer atingir.

Seja ela particular, profissional ou até mesmo para se relacionar. Veja o que quer para as suas amizades, trabalho, formação intelectual, família.

Não se esqueça de que a vida não é feita apenas de uma relação amorosa, tem muito mais para se viver e conquistar. Tenha certeza de buscar as motivações para continuar seguindo em frente. 

Terminar uma relação é realmente muito complicado e demanda bastante cuidado pessoal.

Ficar sozinha pode ser muito bom para explorar uma jornada de autoconhecimento, descobrindo as suas novas metas e traçando novos objetivos de vida, aquelas coisas que na vida a dois não eram uma prioridade. 

Não existe um melhor jeito de lidar com um fim de namoro, mas existe o seu jeito, aquele que foca nas suas emoções e prioriza se sentir bem. 

Dicas de SEO para uma loja de tecidos

Dicas de SEO para uma loja de tecidos (Foto: Depositphotos_223943024_s-2019)

Caso tenha uma loja de tecido e que ofereça tecido para estofamento pode se interessar em saber como conseguir fazer com que os seus clientes encontrem o seu site. Existem formas de atingir melhores resultados no Google, através de estratégias de Search Engine Optimization, mais conhecido como SEO.

É muito importante se concentrar em trabalhar bem os produtos e utilizar bem as dicas de SEO para conseguir atingir os melhores resultados. Eles precisam ser bem otimizados e também bem posicionados, independente do jeito que o consumidor for procurar pelo seu produto. Então, confira algumas dicas:

Especificidade 

Se a sua loja vende tecidos, é importante ser mais claro em relação ao que se está vendendo para se diferenciar. Apenas a palavra “tecido” vai trazer uma concorrência muito grande com todos os outros tipos de vendas e lugares que anunciam isso.

Ao começar a especificar o tipo de tecido, por exemplo, a concorrência já diminui bastante, pois já eliminou os outros tipos mais gerais. Caso tenha mais especificidade para colocar no tecido, como cor, material, ou utilidade dele, fica ainda melhor para poder ter uma posição melhor, sem ter tanta concorrência. 

Isso quer dizer, que quanto mais especifico conseguir ser em relação a algum produto, maiores são as chances de conseguir um posicionamento melhor, fazendo com que o cliente certo consiga encontrar o seu produto com facilidade.

Seja direto

Mesmo que tenha um nome e diversos atributos para algum produto, é muito importante construir uma descrição que seja direta, priorizando o termo que vai ser mais importante e que ele consiga ser colocado logo no começo.

Caso vá vender um tecido específico que muitas pessoas procuram, comece pelo nome do tecido. Depois coloque que é um tecido, ou tamanho do tecido, utilidade, por exemplo. O SEO envolve pensar como o cliente pensa, ou seja, pensar que palavras que ele vai procurar no momento que for fazer uma pesquisa.

Essa é a melhor maneira de começar a pensar nas palavras-chave que são mais importantes para a sua estratégia. Na hora de pensar em um nome, preocupe-se apenas em usar palavras que ache que o cliente vai usar. Saia de termos técnicos ou que seja muito complicado e específicos, pois normalmente, o público não vai usar porque não conhece.

Em vez de cadastrar os produtos com o nome mais técnico, coloque algo que especifique o produto, com a sua utilização de uma maneira mais usada quando a pessoa procura. Por exemplo, se o tecido é usado em maior número para fazer algum objeto, coloque ele junto no seu SEO.

Seguindo essas dicas e não se esquecendo de analisar como vão indos os seus resultados de SEO, tem tudo para que a sua loja de tecidos consiga conquistar um bom número de visitas que com facilidade podem se converter em um número maior de vendas como consequência desse bom uso de SEO.

Como aumentar as visitas do seu site com SEO e vender mais

Como aumentar as visitas do seu site com SEO e vender mais (Foto: Depositphotos_228435884_s-2019)

Ter uma preocupação com o design da loja, vendas mais rápidas são fatores bem importantes para todos que tem uma loja online e que queiram melhorar as suas vendas. Porém, essas medidas não vão valer muito, se as pessoas não conseguem encontrar o seu site.

Conseguir fazer uma loja gerar movimento é uma das preocupações para os lojistas que recém começaram, mas também para os mais experientes. Por isso, algumas dicas de SEO podem ajudar o trafego do site a ser bem maior, o que vai aumentar as possibildade de conquistar vendas.

SEO

O SEO (Search Engine Optimization) funciona como diversas medidas que devem ser implementadas para que o site consiga melhorar o posicionamento nos principais sites de busca, conseguindo gerar mais trafego para o site dessa maneira, seja para buscas no Yahoo, Google ou Bing.

Uma boa estratégia de SEO e com uma boa implementação, como é o caso do Faikojalecos.com.br consegue gerar mais pessoas acessando o site. O conteúdo do seu site e a pesquisa que o usuário faz, consegue entrar na temática que pode ser das mais diversas.

Caso o seu produto, como o da Faiko, seja a venda de jalecos, é importante que o tráfego de pessoas do seu site seja de pessoas que estejam interessadas em produtos como os jalecos e por isso, consigam encontrar a sua loja com uma simples busca no Google.

O primeiro passo para conquistar isso é através de uma pesquisa mais detalhada. Desse jeito, é possível ganhar mais afinidade com as principais palavras-chave que estejam relacionadas com o seu tipo de negócio, procurando aquelas palavras que possam trazer benefícios para o seu tráfego.

Assim, as palavras que apresentam um maior volume de pesquisas devem ser incluídas, além das que tenham baixa concorrência, pois elas podem te qualificar melhor nos buscadores. Também é necessário que a palavra-chave tenha a ver com o seu site para se tornar relevante.

Hoje em dia, existem diversas ferramentas que podem ser encontradas que facilitam a busca por palavras-chaves, sendo um produto que é oferecido pelo próprio Google. Além disso, alguns outros critérios podem ser importantes para considerar na hora de conseguir fazer o SEO funcionar.

Outras ferramentas

A criação de um blog pode ser uma boa maneira de aumentar o seu tráfego, pois com ele, você oferece mais uma forma de interagir com os usuários, permitindo que mais pessoas encontrem o seu site ao compartilhar dicas também nas redes sociais. Com isso, o seu blog também vai melhorar as estratégias de SEO.

Em relação ao blog, ele não tem que ser apenas para falar dos seus produtos, tem que pensar em criar um conteúdo que seja relevante e que outras pessoas acabem acessando esse tipo de informação. Todo o conteúdo tem que ser pensado no usuário e no interesse do seu público. Ao seguir essas dicas e praticar as estratégias de SEO, os resultados podem ser percebidos rapidamente, esperando para que sejam convertidos em vendas.

Como escrever artigos para um aplicativo de saúde?

Como escrever artigos para um aplicativo de saúde?(Foto: Depositphotos_210446102_s-2019)

Para escrever um bom artigo na era digital, é bem importante pensar no SEO com obrigação de ser bem escrito para o usuário que vai ler. O algoritmo do Google tem se adaptado cada vez mais para entrar em uma perspectiva mais humana. Por isso, não importa o assunto do artigo, algumas técnicas são fundamentais para ganhar a visibilidade desejada.

Ao escrever sobre um aplicativo de saúde que apresenta uma palavra-chave como Pediatra Manaus, tem que ser analisado como esse conteúdo pode ser abordado na temática do blog que será postado. Com uma evolução continua e melhor cada dia mais, as formas que o Google avalia o conteúdo são pensadas mais humanamente.

Como funciona o SEO?

Na construção de um conteúdo, é importante pensar no usuário e também na questão do Google. O conteúdo da página é um dos fatores que favorecem o rankeamento do Google, por isso, existem algumas dicas práticas para conseguir fazer com que o Google veja um artigo sobre aplicativo de saúde e faça uma boa avaliação.

Se a intenção de escrever um artigo é conseguir aparecer nos resultados orgânicos do Google, é necessário escolher uma boa palavra-chave. Essa é a parte mais importante do texto, pois vai conseguir guiar a escrita, mas também otimizar as tags que podem ser usadas também no texto.

Mesmo com essa informação, algumas pessoas têm bastante dificuldade quando o assunto é escolher uma boa palavra-chave para ser o foco do texto, sem conseguir avaliar qual é uma boa escolha. O SEO não tem uma regra que deve ser seguida por todos, pois cada profissional de escrita tem um jeito para trabalhar com ela.

Para avaliar uma boa escolha de palavra-chave é necessário verificar o volume de busca, etapa do funil que essa palavra representa, além da dificuldade de rankeamento e a posição atual do site. Ao definir esses fatores, fica mais fácil para focar na palavra e alcançar o objetivo com o artigo.

Nem todo o conteúdo para um aplicativo de saúde precisa ser escrito pensando somente na palavra-chave buscada. Existem diversos assuntos que as pessoas também não buscam, mas que são bem importantes.

Linkagem interna

Outro ponto que se considera bastante é através da linkagem interna. É importante fazer com que os usuários passem ais tempo no seu site, o que é muito positivo para o Google. O tempo de permanência do site é entendido como uma boa experiência para o usuário. Contar com links internos dentro do artigo, mostrando outros textos relacionados incentiva esse comportamento.

Tamanho do texto

Também deve ser considerado o tamanho do texto, pois um texto com um número maior de palavras vai conseguir abordar o tema com maior complexidade, satisfazendo melhor o usuário. Além disso, possibilita usar diversas vezes a palavra-chave do artigo. Assim, a dica é abordar os temas dos artigos de maneira mais completa possível.

Conteúdo

Um requisito bastante importante também é fazer um conteúdo de qualidade, principalmente na parte introdutória. O usuário precisa se sentir instigado a continuar lendo o conteúdo e também deve ser respondida de maneira breve as principais dúvidas, mostrando que as principais informações estarão no resto do texto.