O Google compartilha dicas de SEO para aplicativos de página única

A principal diferença entre um site regular baseado em HTML e um aplicativo de página única é a dependência do último do JavaScript.

JavaScript é usado para criar o HTML para um aplicativo de página única que, em seguida, cria a página.

O JavaScript é necessário para carregar outro conteúdo quando os usuários estão navegando para diferentes partes de um único aplicativo de página.

Quando o JavaScript carrega um novo conteúdo, ele é chamado de “visualização”.

Contar com o JavaScript para aplicativos de página única permite que os navegadores carreguem as visualizações sem fazer uma recarga completa.

JavaScript também permite elementos de design, como transições personalizadas entre diferentes partes do aplicativo.

Simplificando – o JavaScript faz com que os aplicativos de página única funcionem da maneira que funcionam.

Para um bom SEO, implementar essas dicas deve ser tão fácil quanto baixar whatsapp gb atualizado. 

Os desafios de trabalhar com aplicativos de página única

JavaScript é menos que ideal para mecanismos de pesquisa quando se trata de rastreamento e indexação.

Como os SEOs bem sabem, mesmo uma quantidade moderada de JavaScript em uma página cria todo um novo conjunto de desafios.

O nível de desafio aumenta quando todo o conteúdo é envolvido em uma camada de JavaScript.

Esse é exatamente o caso com aplicativos de página única.

Então, o que os SEOs devem fazer se tiverem a tarefa de indexar e classificar um aplicativo de página única? Aqui está o que o Google recomenda.

Conselhos do Google para aplicativos de página única

São quatro conselhos principais de SEO para aplicativos de página única:

  • Cubra todos os caminhos de código
  • Trate as visualizações como URLs
  • Otimize títulos e descrições para cada visualização
  • Melhore a forma como o aplicativo lida com erros

Cubra todos os caminhos de código

Um exemplo de aplicativo de página única que parece estar funcionando bem, mas o teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google não consegue renderizar o conteúdo.

Cada empresa precisa de uma mão amiga … ou 10.

Entregue suas tarefas exclusivas a freelancers especializados com todo tipo de habilidade, que podem dar o toque final que você precisa em qualquer tipo de projeto.

Tratar visualizações como URLs

Ao navegar em um aplicativo de página única, veja se o URL na barra de endereço muda ao clicar entre cada visualização.

Isso deve mudar, porque o Googlebot usa URLs para localizar diferentes “páginas” (também conhecidas como “visualizações”) em um único aplicativo de página.

Se houver apenas um URL para tudo, o Googlebot verá apenas a página inicial e nada mais.

Isso leva a problemas com as classificações, porque o Google não consegue entender do que se trata o site.

Títulos e Descrições

Não há nada mais fundamental para o SEO do que otimizar títulos e descrições de páginas da web.

No entanto, esse fundamento de SEO é frequentemente esquecido quando se trata de otimizar “visualizações” para aplicativos de página única.

Isso resulta em todas as visualizações com o mesmo título e descrição – e provavelmente você está ciente dos problemas que isso pode causar.

Cada visualização pode e deve ter seu próprio título e descrição exclusivos. Isso pode ser feito adicionando “um pouco de JavaScript extra.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *