Jornalismo: Dicas Para Uma Boa Redação

Jornalismo: Dicas Para Uma Boa Redação (Foto de Markus Winkler no Pexels)

As boas práticas de SEO são fundamentais para escrever um texto de bom posicionamento no Google. Se você deseja fazer uma redação jornalística e quer gerar mais leitores para o seu texto, a estratégia de marketing SEO, não pode deixar de ser utilizada.

Mas, uma redação jornalística apresenta características diferentes de qualquer outro texto. Além das práticas de SEO é preciso se atentar para alguns outros pontos. Se você é da área do jornalismo e deseja fazer um texto de sucesso, confira essas dicas.

1.Faça um título criativo

A redação jornalística é um tipo de texto que para gerar leitores é preciso chamar a atenção a partir do título. O título é a parte fundamental do seu texto . Ele será o fator decisivo para um leitor desejar ler o seu texto ou não. 

Você pode ter feito um conteúdo incrível, com informações seguras e um português impecável. Mas, se o seu título não for atraente, será como jogar todo o restante do texto no lixo.

Independente do assunto que você estiver falando, crie um título que desperte o interesse do seu leitor. Após criar o seu título pense: se eu visse esse título, eu ficaria interessada em ler esse texto? Pedir a opinião de outras pessoas também é uma boa estratégia.

2.Se coloque no lugar do leitor

Se você quer fazer uma redação jornalística de sucesso, você precisa se colocar no lugar do seu leitor. O que você gostaria de ler? Como você acha que um texto deve abordar aquele assunto?

Procure criar uma persona. Isto é, um personagem que reúne todas as características principais do seu leitor. Isso ajuda a definir o seu público-alvo e ter mais clareza sobre as necessidades de seu público. 

3.Escreva frases curtas

Infelizmente vivemos em um país onde a leitura não é muito valorizada. O país, seguindo a linha de desenvolvimento da globalização, está produzindo cada dia mais uma sociedade imediatista e superficial. 

As pessoas não têm tempo para ler textos longos. Elas querem ir direto ao ponto, sem rodeios. Como a redação jornalística é um texto que tem como principal objetivo informar o leitor, essa linha de comportamento também precisa ser seguida. 

Logo, escreva o seu texto com frases curtas. Foque na objetividade do assunto. Informe e não rodeie. Isso melhora a experiência de leitura do seu leitor, deixando a leitura mais agradável e confortável de se fazer.

4.Comprove suas informações 

Certamente você não deseja que sua redação jornalística seja um texto “meia boca”. Se a principal função de um texto de jornalismo é informar, as informações precisam ser passadas de fontes seguras. 

Por isso, antes de passar qualquer informação certifique-se de que ela é verdadeira. Utilize referências e fontes confiáveis de onde você achou esses dados. É importante se apoiar em dados científicos, jornalistas confiáveis e nunca em achismos. 

Achismos nada mais são do que opiniões e opiniões são particulares e singulares. O fato é isento de opiniões e pontos de vista. É com ele que você trabalha. Por isso, comprova as informações do fato com fontes seguras.

SEO para indústria erótica – Como fazer?

SEO para indústria erótica - Como fazer?

A indústria erótica é um dos ramos do comércio online que está se desenvolvendo com extrema rapidez. 

Este é um campo ideal para atividades de e-commerce, pois muitos clientes têm vergonha de visitar lojas tradicionais com acessórios eróticos e a simples menção deles causa rubor em seus rostos.

São muitas pessoas em busca de Acompanhantes Uberlandia e que colocam isso no Google para encontrar uma resposta. Mas como trabalhar o SEO de um tema mais delicado?

A indústria erótica online

Para lojas online com acessórios eróticos, o anonimato é o fator mais importante. A privacidade e a ausência de logotipos nas embalagens ajudam a evitar situações embaraçosas com os transportadores, e isso é algo com que os clientes se preocupam. 

Portanto, as lojas devem dar a eles. Hoje em dia, provavelmente poderíamos dizer que não existem mais tópicos tabu. 

No entanto, verifica-se que a indústria erótica ainda é um dos campos mais desafiadores para os especialistas em SEO.

Esses “temas” ainda não são discutidos diretamente, mesmo online, e praticamente ninguém confessa abertamente visitar sites eróticos.

SEO para a indústria erótica

Fazer SEO para sites adultos é um processo desafiador que requer muito conhecimento, experiência e criatividade para planejar uma estratégia apropriada e conduzir atividades de SEO. 

Graças a ele, você poderá obter resultados satisfatórios, melhorar o reconhecimento de sua marca e aumentar suas posições nos resultados de pesquisa.

Executar essas atividades de forma incompetente pode resultar em sua página ser penalizada ou removida do índice do Google.

Em que se concentrar ao iniciar o processo de SEO para a indústria erótica?

Seleção de palavras-chave apropriadas

A seleção apropriada de palavras-chave pode melhorar significativamente a visibilidade do site nos resultados da pesquisa. 

Além das frases características do setor que redirecionam para o seu site, preste atenção às palavras-chave locais que também atribuirão a página a um determinado local. 

O SEO local é particularmente importante no caso de sex shops que também possuem lojas tradicionais. 

De acordo com o Google Trends, ao procurar uma sex shop específica, os usuários da Internet frequentemente adicionam o nome do lugar / cidade à frase geral.

Otimização de conteúdo para frases selecionadas

Antes de iniciar qualquer atividade em seu site, otimize-o. Verifique se os nomes na página inicial, subpáginas, páginas de categoria e páginas de produtos são relevantes.

Cada subpágina deve ter um título e uma meta descrição com palavras-chave específicas que sejam importantes para o negócio e adequadas ao site.

O conteúdo é rei!

Esquecer a qualidade, o conteúdo exclusivo é um erro muito frequente em todas as grandes lojas online eróticas. 

A maioria das empresas cria categorias de produtos sem quaisquer descrições ou copia os textos preparados pelos fabricantes. 

O conteúdo duplicado resultante da cópia das descrições torna-se um obstáculo do processo de SEO e diminui a visibilidade do site no Google.

Consequentemente, a loja não se torna popular, mesmo apesar das atividades de marketing – ela carece de conteúdo que atrairia usuários e robôs do Google. 

Por isso, vale a pena investir em entender mais sobre conteúdo para internet para promover o seu negócio de forma simples.

O Google compartilha dicas de SEO para aplicativos de página única

O Google compartilha dicas de SEO para aplicativos de página única

A principal diferença entre um site regular baseado em HTML e um aplicativo de página única é a dependência do último do JavaScript.

JavaScript é usado para criar o HTML para um aplicativo de página única que, em seguida, cria a página.

O JavaScript é necessário para carregar outro conteúdo quando os usuários estão navegando para diferentes partes de um único aplicativo de página.

Quando o JavaScript carrega um novo conteúdo, ele é chamado de “visualização”.

Contar com o JavaScript para aplicativos de página única permite que os navegadores carreguem as visualizações sem fazer uma recarga completa.

JavaScript também permite elementos de design, como transições personalizadas entre diferentes partes do aplicativo.

Simplificando – o JavaScript faz com que os aplicativos de página única funcionem da maneira que funcionam.

Para um bom SEO, implementar essas dicas deve ser tão fácil quanto baixar whatsapp gb atualizado. 

Os desafios de trabalhar com aplicativos de página única

JavaScript é menos que ideal para mecanismos de pesquisa quando se trata de rastreamento e indexação.

Como os SEOs bem sabem, mesmo uma quantidade moderada de JavaScript em uma página cria todo um novo conjunto de desafios.

O nível de desafio aumenta quando todo o conteúdo é envolvido em uma camada de JavaScript.

Esse é exatamente o caso com aplicativos de página única.

Então, o que os SEOs devem fazer se tiverem a tarefa de indexar e classificar um aplicativo de página única? Aqui está o que o Google recomenda.

Conselhos do Google para aplicativos de página única

São quatro conselhos principais de SEO para aplicativos de página única:

  • Cubra todos os caminhos de código
  • Trate as visualizações como URLs
  • Otimize títulos e descrições para cada visualização
  • Melhore a forma como o aplicativo lida com erros

Cubra todos os caminhos de código

Um exemplo de aplicativo de página única que parece estar funcionando bem, mas o teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google não consegue renderizar o conteúdo.

Cada empresa precisa de uma mão amiga … ou 10.

Entregue suas tarefas exclusivas a freelancers especializados com todo tipo de habilidade, que podem dar o toque final que você precisa em qualquer tipo de projeto.

Tratar visualizações como URLs

Ao navegar em um aplicativo de página única, veja se o URL na barra de endereço muda ao clicar entre cada visualização.

Isso deve mudar, porque o Googlebot usa URLs para localizar diferentes “páginas” (também conhecidas como “visualizações”) em um único aplicativo de página.

Se houver apenas um URL para tudo, o Googlebot verá apenas a página inicial e nada mais.

Isso leva a problemas com as classificações, porque o Google não consegue entender do que se trata o site.

Títulos e Descrições

Não há nada mais fundamental para o SEO do que otimizar títulos e descrições de páginas da web.

No entanto, esse fundamento de SEO é frequentemente esquecido quando se trata de otimizar “visualizações” para aplicativos de página única.

Isso resulta em todas as visualizações com o mesmo título e descrição – e provavelmente você está ciente dos problemas que isso pode causar.

Cada visualização pode e deve ter seu próprio título e descrição exclusivos. Isso pode ser feito adicionando “um pouco de JavaScript extra.

Veja como escrever um artigo ensinando a solicitar segunda via

Veja como escrever um artigo ensinando a solicitar segunda via (Foto de Ivan Samkov no Pexels)

Hoje em dia existe tutorial para tudo, inclusive para pedir a rede Celpa 2º via das faturas, e muitas pessoas desejam criar blogs fazendo tutoriais para ajudar ao seu público em todas as etapas.

Escrever textos e artigos explicando como fazer algo deve permitir que a pessoa entenda facilmente o que está sendo explanado, dessa forma, abaixo vamos conferir algumas dicas de como fazer esse processo com sucesso!

Dicas para escrever tutoriais

Abaixo vamos conferir algumas dicas de como escrever tutoriais bem estruturados, confira mais:

Comece dividindo seu texto

Saiba que sua redação realmente precisa estar disposta em duas partes, são elas: material e instruções. Lembre-se que a primeira deve conter todos os objetos necessários para a realização de determinadas atividades. 

Além disso, para poder redigir essas instruções, será preciso que você se lembre de todo o procedimento necessário para atingir o objetivo desejado, sendo assim, procure dividir o procedimento em passos e organize-os para que esse leitor consiga seguir cada item de forma linear.

Procure fazer uma introdução

Para que seu leitor se prepare da forma correta, saiba que seu texto deverá conter uma introdução completamente explicativa, sendo que o primeiro parágrafo deve ser essencial para chamar a atenção de seu leitor e inseri-lo dentro do contexto necessário para que a tarefa seja realizada. 

Sendo assim, você deverá explicar rapidamente como todo o processo deve ser feito, sendo assim, o leitor não será pego de surpresa, principalmente depois de completar diversos passos do tutorial.

Se organize

Veja bem, se você realmente não for uma pessoa objetiva, procure pedir para que alguém leia seu texto, depois edite-o, procure descartar tópicos completamente desnecessários. 

Lembre-se ainda, que os passos do procedimento simplesmente podem estar organizados de diferentes formas, logo, você pode numerá-los ou ainda fazer uma espécie de texto corrido. 

Se porventura escolher a segunda opção, seu texto precisa conter introdução, desenvolvimento e conclusão, assim como toda a redação.

Esse processo todo acaba sendo importante para as pessoas que estão realmente começando a escrever, que desejam criar blogs ou ainda que querem chegar mais perto de seu público.

Cuidado com a linguagem

Para escrevermos, depois de definirmos nosso público alvo, e estabelecermos a persona para a qual estamos escrevendo é importante entender como começar a moldar o texto de acordo com os dados colhidos.

Sendo assim, defina bem a linguagem de seu público alvo, afinal, é através dela que você se comunicará e irá finalmente estruturar suas ideias. 

Um bom exemplo disso, e que se pesquisas definirem que seu público alvo são pessoas entre 25 e 35 anos, elas geralmente possuem características mais modernas e gostos por temas que tendem a ser tendências.

Dessa forma, você pode e deve apostar em uma linguagem mais informar, poderá usar ainda termos mais simples, sempre buscando relacionar o que deseja falar com temas e questões da atualidade.

Depois de definir bem a linguagem, seus textos fluirão tranquilamente, procure ir adequando conforme o público vai se modificando! 

Como fazer mais vendas? 3 dicas poderosas além do SEO

Como fazer mais vendas? 3 dicas poderosas além do SEO (Foto de Karolina Grabowska no Pexels)

É preciso muito esforço e comprometimento para começar um novo negócio e fazê-lo decolar. 

Assim, você precisa desenvolver uma estratégia sólida para fazer seu empreendimento crescer e superar outros dentro do seu nicho. 

Como proprietário de uma pequena empresa, adotar estratégias de marketing digital é a chave para o seu sucesso. Ajuda você a transcender todas as barreiras tradicionais para entrar em um mercado.

Além disso, permite que você direcione sua campanha de marketing a um grupo específico de indivíduos para entrar em novos mercados, atrair mais vendas e crescimento a longo prazo. 

Dessa forma, conhecer essas técnicas, seja o seu negócio sobre produtos de beleza ou ensinando a conhecer os números que mais saem na lotofácil é essencial. 

Aqui estão algumas dicas essenciais de marketing digital que você precisa implementar em seu negócio:

Use campanhas de marketing por email

Embora o marketing por e-mail possa parecer uma estratégia desatualizada, a maioria das empresas ainda a usa.

A técnica ajuda a estabelecer uma conexão pessoal com seu público-alvo. Seria melhor personalizar o conteúdo de um e-mail, dependendo do tipo de cliente e do motivo da mensagem. 

Adicionar alguns toques pessoais em um e-mail convence seus destinatários de que você os valoriza.

Além disso, use um tom coloquial para gerar mais engajamento. 

Você também pode incluir uma frase de chamariz para persuadir seus destinatários a visitar seu site e se inscrever em suas plataformas de mídia social. 

Dessa forma, você influenciará o comportamento de compra de seus clientes.

Caso você não tenha uma lista de e-mail, use seu banco de dados para capturar o máximo de detalhes possível e gerar uma. Tem alto retorno sobre o investimento, é barato de criar e gera retornos massivos.

Configure seu site

O site de uma empresa deve criar uma impressão de primeira classe para seus clientes potenciais sobre sua empresa para atrair mais conversões. 

Ao projetá-lo, forneça detalhes precisos para que os usuários possam compreender facilmente o que você faz ou fornece e como o faz. 

Lembre-se de incluir uma frase de chamariz para que os clientes em potencial sigam o próximo processo de vendas ou acessem outras páginas. 

Além disso, forneça suas informações de contato para os clientes fazerem perguntas.

Além disso, certifique-se de que seu site oferece a melhor experiência do usuário. A primeira impressão para o seu público deve encorajá-los a continuar navegando pelo seu site. 

Portanto, você precisa ter um site de carregamento rápido para converter novos usuários em clientes.

Outro aspecto importante é otimizar seu site para mobile. Lembre-se de que a maioria dos usuários da Internet está usando cada vez mais seus dispositivos móveis para navegar na web. 

Apresenta uma excelente oportunidade para encontrar potenciais clientes. Além disso, um site mal otimizado para telas menores reduz suas classificações nos mecanismos de pesquisa.

Anuncie em plataformas de mídia social

Como proprietário de uma pequena empresa, a mídia social pode ajudá-lo a atingir um grande número de seu público-alvo. 

Uma vantagem significativa dessas plataformas é que elas podem fazer sua marca crescer rapidamente, conectando você com seus clientes em potencial em vários sites. 

Além disso, muitos deles, como Twitter e Facebook, permitem que clientes satisfeitos deixem seus comentários positivos, impulsionando a imagem da sua marca.

Como pode ser feito o marketing para um jogo lotérico?

Como pode ser feito o marketing para um jogo lotérico? (Foto de Andrea Piacquadio no Pexels)

A segmentação para o marketing de conteúdo é um dos principais fatores de qualquer estratégia para loteria. Sem mencionar o mais importante e o que condiciona seu sucesso ou fracasso.

E tem uma lógica clara. Você criaria o mesmo conteúdo para um estudante de arte ou médico com 50 anos de experiência? Esses dois públicos compartilhariam o mesmo formato? E o mesmo jargão? Você acha que eles consumiriam conteúdo dos mesmos dispositivos?

Se você acha que a resposta é sim, é hora de mudar suas estratégias, porque é por isso que elas não funcionam. Não segmentos.

Você verá que a segmentação para o marketing de conteúdo é vital. No entanto, a maneira como analisamos e nos representamos mudou por dois motivos:

A maneira como os usuários consomem conteúdo está em constante evolução.

Todos os dias surgem novos focos de marketing que forçam os profissionais a se adaptarem a novas técnicas e modelos.

Toda estratégia de marketing, independentemente do canal em que atua, é baseada no atendimento às novas necessidades de um público que vive no mundo digital e móvel. Não estamos mais procurando mensagens comerciais ou os usuários se acostumam a tudo.

Estamos trabalhando para alcançar um compromisso que não foi alcançado anteriormente. E a segmentação para o marketing de conteúdo é uma chave que abre o caminho para todos esses resultados.

O valor da segmentação para o marketing de conteúdo

É comprovado que estratégias de conteúdo bem documentadas e planejadas têm maior probabilidade de atingir metas. De fato, 76% dos gerentes de marketing com várias conversões baseiam sua estratégia de vendas em conteúdo proprietário.

Mesmo que os dados realmente interessantes sejam os seguintes: 53% das empresas mais poderosas têm uma estratégia de marketing de conteúdo documentada. Ou seja, nasce e cresce com base em uma análise prévia, geralmente baseada no conhecimento do público-alvo.

Então a pergunta é a seguinte:

Como posso descobrir o que o público espera da minha marca? Como reter meu público-alvo usando o marketing de conteúdo?

Você já se perguntou por que as pessoas são leais a um time de futebol ou a uma causa social? É porque esses grupos são formados por pessoas que compartilham ideias. Portanto, esse interesse comum permite criar uma comunidade e reunir cada coletivo em torno de um tema específico.

Embora o aspecto fundamental seja que a questão em questão deva ser clara para todos.

Por exemplo, imagine que seu blog seja sobre nutrição saudável para crianças de 1 a 10 anos. Você escreveria seu conteúdo para ser usado por eles ou pelos pais?

A segunda opção é a melhor. Mas isso não termina aí. Você precisa fazer uma boa segmentação para o marketing de conteúdo, se quiser mantê-los.

Ou seja, depois de conhecer seu público-alvo, você precisará se concentrar em pais com filhos e alergias à lactose, glúten etc. Dessa forma, você abordará aspectos relacionados a problemas específicos e públicos específicos.

Como usar o SEO para melhorar o ranqueamento de qualquer conteúdo?

Como usar o SEO para melhorar o ranqueamento de qualquer conteúdo? (Foto de Tobias Dziuba no Pexels)

Quase tudo o que fazemos online começa com uma pesquisa: se procuramos uma resposta ou queremos comprar algo, procuramos na Web. Com o SEO é possível melhorar o posicionamento de qualquer conteúdo, até mesmo para mostrar os números que menos saem na lotofácil. 

Quer saber tudo o que você precisa saber para começar a otimizar seu site imediatamente e aumentar a visibilidade natural não paga nos mecanismos de pesquisa.

O que é SEO

SEO é o acrônimo em inglês para Search Engine Optimization e define todas as atividades de otimização de um site com o objetivo de melhorar seu posicionamento nos resultados orgânicos de mecanismos de busca como Google e Bing.

O processo de otimização do site envolve três atividades:

Otimização técnica. Essa fase permite que os mecanismos de pesquisa acessem e indexem corretamente as páginas do seu site. Fazer SEO também significa adotar soluções inovadoras para responder à evolução da pesquisa de usuários.

Criação de conteúdo. O conteúdo do seu site terá que responder a diferentes objetivos de pesquisa. Se eles são apreciados pelos usuários, também serão apreciados pelos mecanismos de pesquisa, porque sabem que forneceram as melhores respostas para suas perguntas.

Promoção de Conteúdo. A promoção de conteúdo projetado para ser compartilhado é uma fase fundamental para o sucesso de sua campanha de SEO. Ser mencionado com um link de sites oficiais é uma maneira inequívoca de comunicar ao Google que o seu é um site de qualidade.

Portanto, podemos dizer que o SEO é uma combinação perfeita de otimização técnica e estratégia de marketing.

Como o Google funciona

Antes de começar a otimizar um site, você precisa entender como os mecanismos de pesquisa funcionam:

Rastreamento ou rastreamento – o Google rastreia a web para descobrir novos conteúdos com programas sofisticados chamados rastreadores. Depois que novas páginas são encontradas, as aranhas seguem os links encontrados para descobrir novo conteúdo em um processo contínuo em cadeia.

Indexação ou indexação – o Google armazena uma cópia do conteúdo rastreado em um índice. O índice é armazenado em servidores de alta potência, para que possa ser encontrado em tempo real.

Posicionamento ou classificação – Quando o usuário realiza uma pesquisa, os algoritmos do mecanismo de pesquisa avaliam, com base nos fatores de posicionamento, qual conteúdo melhor responde à sua pergunta de informação.

Pesquisa de palavras-chave

Para entender quem são seus usuários e o que eles estão procurando, responda a estas 4 perguntas:

  • Em que eles estão realmente interessados?
  • Quais problemas eles querem resolver pesquisando na web?
  • Que tipo de linguagem eles usam?
  • Quem são seus concorrentes?

Se você chegou até aqui, significa que você tem tudo o que precisa para começar a otimizar seu site. Você está se perguntando por onde começar?

Pense no que você faz bem, no orçamento que você tem disponível e nas otimizações que considera mais eficazes para sua estratégia de posicionamento.

Se você é bom na criação de conteúdo, selecione cuidadosamente suas palavras-chave e concentre-se no marketing de conteúdo. 

Se você possui um site complexo ou com várias páginas, concentre-se na otimização na página ou peça ajuda a um consultor de SEO para fazer isso por você.

Saiba como chamar a atenção do leitor para seu artigo

Saiba como chamar a atenção do leitor para seu artigo (Foto de Eduardo Dutra no Pexels)

Chamar a atenção do leitor é quase tão difícil quanto baixar vídeo Tik Tok, isso porque para chamar a atenção de alguém a ponto dela baixar seu vídeo no Tik Tok é bem complicado, principalmente em meio à  excessos de conteúdos presentes nas redes. 

Na verdade, entregar o conteúdo correto para a pessoa certa, bem no momento certo aparece como um enorme desafio, e ainda representa ao mesmo tempo, um dos principais diferenciais das empresas capazes de conquistar boas taxas de conversão de clientes, diretamente em leads, clientes e oportunidades. 

Conheça algumas para chamar a atenção do leitor

Entre as dicas para chamar a atenção do leitor podemos destacar as seguintes:

Procure conhecer seu leitor para conseguir bons títulos

Saiba que cada pauta é uma nova história, sendo assim, tudo acaba sendo seu ponto de vista sobre determinado conhecimento. Sendo assim, entenda que o que muda é a forma de vender conteúdo ao consumidor, não significa se referir ao tópico principal, no entanto, a abordagem deve ser do interesse do leitor.

Sendo assim, isso acaba significando ainda, a inclusão da palavra chave usada pelo público alvo, antes, porém, vai bem além disso.

Procure sempre prestar bastante atenção aos tópicos que são mais debatidos em seu blog e nas redes sociais, veja quais posts possuem mais acessos, e aqueles que geraram boas médias no geral, tanto de compartilhamentos quanto de comentários. Saiba que eles darão uma boa noção, de como escolher os melhores títulos! 

Se possível invista em imagens para chamar a atenção

Saiba que aqueles posts que realmente possuem assuntos polêmicos, podem ser sucesso mesmo tendo pouca divulgação, sendo muitas vezes um sucesso mesmo sem imagem certa. Porém, saiba que não é sempre que isso acontece!

Saiba que posts interessantes que possuem ótimas imagens podem sim fazer sucesso principalmente se você aliar o texto com a imagem correta!

Não esqueça: todo o conteúdo é para a internet

Veja bem, na internet não há necessidade de ficar preso apenas ao texto, ao áudio, vídeo ou imagem. Procure usar ao seu favor o fato de que é possível misturar mídias, faça isso em seus posts ou até mesmo no momento da divulgação. 

Além do mais, saiba que ao divulgar imagens e vídeos interessantes, isso fará com que prestem atenção ao seu conteúdo dos artigos/posts, permitindo que o mesmo tenha um ponto bem interessante. 

Procure ainda oferecer um podcast ou ainda áudio post acompanhando esse conteúdo em texto, acaba sendo uma excelente opção para poder oferecer uma excelente variedade de consumo ao público em geral. 

Procure manter o leitor bem ao seu lado

Saiba que quando você mantém seu leitor conectado, então será possível conhecer o mesmo bem melhor, além disso, é possível ainda fazer com que o mesmo se sinta mais participativo dentro de uma comunidade. 

Entenda ainda, que esses contatos acabarão gerando novos assuntos, para possíveis posts e criando consumidores de seu produto/conteúdo entusiastas. 

Seguindo algumas dessas dicas, seus artigos/posts serão apreciados da melhor forma possível, trazendo retornos futuramente!

Como escolher as melhores palavras-chaves para o seu negócio?

Como escolher as melhores palavras-chaves para o seu negócio? (Image by rawpixel.com)

Escolher as palavras-chave, assim como frases corretas é um momento muito importante para garantir que o SEO esteja funcionando. A otimização dos mecanismos de busca deve ser bem-sucedidas para cumprir com os objetivos.

Conseguir aumentar o trafego para o seu site, independentemente do assunto, como certidão negativa de interdição, ou ainda cartórios, tem que ser uma grande prioridade. Da mesma forma, tem que ser pensada uma maneira de atingir o público certo.

Dessa forma, conseguir escolher as palavras-chaves de maneira mais eficaz, é a garantia para se conectar com o seu público-alvo. Isso demanda tempo, pesquisa, mas os resultados demonstram que isso vale a pena. 

5 dicas para ajudar na escolha das palavras-chave certas

1 – Pense como o cliente

O primeiro passo para montar qualquer tipo de estratégia de marketing é pensar no seu público-alvo. Dessa forma, é ideal já ter em mente a maneira com que ele se comporta, conseguindo criar uma persona de fato em cima desse cliente.

Assim, identificar o seu público-alvo vai ser necessário para poder se colocar no lugar do cliente, criando uma lista inicial de palavras-chaves assim. Pergunte para si mesmo, o que iria pesquisar no Google ao tentar encontrar determinado produto.

É possível também falar com outras pessoas, como familiares ou amigos, clientes atuais também. Pegue a opinião em relação as frases em que eles usariam para buscar os seus serviços e produtos. 

2 – Estude os concorrentes

Faça uma lista de quem são os seus principais concorrentes, acessando o site deles para saber que tipo de palavras-chaves estão sendo usadas para segmentar o negócio. Leia o conteúdo deles, veja as metatags para conseguir identificar direitinho a palavra-chave usada.

Observe essas palavras dos seus concorrentes para conseguir ajudar a ver o que está esquecendo e faltando para o seu negócio, mas também vai ajudar a ampliar a sua lista de ideias. 

3 – Entenda mais sobre palavra-chave de cauda longa

As palavras-chave de cauda longa podem ser entendidas como uma combinação de mais de 3 palavras ou ainda frases. Por mais que elas tenham um volume de pesquisa mais baixo, costumam ter um tráfego que seja bem relevante.

Elas geralmente também são menos competitivas, o que fica mais fácil de classificar. Por isso, escolher algumas que possam ajudar a especificar ainda mais o seu serviço e produto. 

4 – Utilize ferramentas de pesquisa de palavras-chave

Caso esteja usando o Google Ads, ele pode ser uma ótima ferramenta para encontrar novas palavras-chaves em potencial. Com esse tipo de ferramenta, é possível ter dados sobre tendências e volume, além da competição ode cada palavra, outras dicas de palavras semelhantes e muito mais. 

5 – Analisar os resultados

Depois de conseguir escolher as suas palavras-chaves ideia, é muito importante conseguir monitorar e fazer uma análise dos resultados. Em boa parte das vezes, as mais populares, junto com as que os seus concorrentes estão usando.

Sempre use as palavras-chave quando possível no seu site, seja em postagens no blog, metatags, conteúdo do site ou ainda nas redes sociais.